Bares para tomar chimarrão

mate
O chimarrão acompanha os argentinos em todo momento. Foto: Lucila Runnacles
Que os hermanos são fanáticos pelo chimarrão, todo mundo sabe, mas a novidade é outra: alguns bares e restaurantes portenhos se deram conta de que os turistas também curtem esse hábito e agora oferecem mate com direito a pão caseiro e doces de acompanhamento. Tudo isso para que os viajantes também provem esse costume tão argentino e esquentem suas tardes, enquanto passeiam por Buenos Aires.

Confesso que eu nunca fui muito chegada em mate, mas morando aqui me obriguei a pelo menos provar essa famosa bebida que reúne amigos, colegas e famílias em torno de uma chaleira de água quente, biscoitinhos e uma boa conversa. Confesso que no início achava um pouco estranho isso de compartilhar a mesma bomba e tinha um pouco de receio, mas pensei: com a água passando a essa temperatura não deve ter problema e além do mais o que não mata engorda!

Vivendo na capital portenha há quase dois anos, o meu amigo mineiro Z. Fernandez é um tomador de mate assíduo. Como ele divide apartamento com outras pessoas e não tem muito espaço para receber os amigos em sua casa, o consultor de tecnologia conta que os mate-bares são a solução perfeita. “Sempre que posso vou com amigos a esses lugares para compartilhar essa cultura do chimarrão que eu tanto gosto”.

Bom, se você também quer fazer o mesmo durante a sua próxima viagem a Buenos Aires, aí vai uma lista com alguns mate-bares portenhos.

cumana buenos aires
O restaurante Cumaná tem um ambiente acolhedor para as tardes de mate.  Foto: Lucila Runnacles

Cumaná (Calle Rodriguez Peña, 1149. Recoleta)
Horário de mate, diariamente das 16h às 19h.
Esse restaurante serve comida típica argentina e conta com um ambiente acolhedor para os meses de frio, por conta do seu forno de barro. O lugar é bastante cálido e perfeito para as tardes de inverno portenhas. O kit de mate vem acompanhado de fatias de pão caseiro, manteiga, geléia e bizcochitos de grasa (são umas bolachas tipo água e sal, mas são mais gordinhas).

Mister Mate (Calle Estados Unidos, 523. San Telmo)
Horário de mate, de terça a domingo, até às 20h.
No turístico bairro de San Telmo também dá para descansar e tomar um chimarrão. Nesse local eles servem o mate acompanhado de doces típicos, como pastelitos de membrillo (doce folhado com recheio que é uma espécie de goiabada), torta frita (massa doce frita) ou com as típicas medias lunas (croissant).

La Peña del Colorado (Calle Guemes, 3657. Palermo)
Horário de mate, diariamente do meio-dia às 20h
Neste restaurante, muito conhecido pela música folclórica e por shows de música argentina, o cliente pode escolher os diversos acompanhamentos para o seu chima; tortilla santiagueña (uma espécie de pão salgado achatado), pasteizinhos de doce de batata ou membrillo, bolos e até mesmo pães de queijo.

Las Cholas (Arce, 306. Las Cañitas)
Horário de mate, diariamente das 17h às 19h
Nesse bairro onde há vários restaurantes, o Las Cholas serve o mate com acompanhamentos como pão de campo, geléias e os sempre presentes bizcochitos de grasa. Durante o verão ou até mesmo nas tardes de inverno com sol, dá para sentar nas mesas do lado de fora e deixar a vida passar, enquanto se toma um gostoso chimarrão.

chimarrão
O kit de chimarrão acompanhado de bizcochitos de grasa e pão caseiro. Foto: Lucila Runnacles

O kit de chimarrão acompanhado de bizcochitos de grasa e pão caseiro. Foto: Lucila Runnacles

E para quem se interessou pelo mate, em Tigre (perto da capital portenha) tem o Museu do Mate. Estive lá e curti o passeio. Escrevi este post.

Você conhece algum outro mate-bar em Buenos Aires e quer compartilhar a informação com a gente? Quer saber como se prepara um bom chimarrão, não perca estas dicas.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *