Passeios românticos em Cape Town

Water Front
Water Front

Visitei a Cidade do Cabo sozinha e só depois fiquei sabendo que muita gente considera Cape Town um dos destinos mais românticos do mundo. A cidade é realmente maravilhosa, encantadora e pode ser mesmo um bom lugar para compartilhar com sua cara metade, um amor de verão ou alguém que você acabou de conhecer. Não é à toa que a Cidade do Cabo é um dos lugares mais visitados da África do Sul.

Signall Hill
Signall Hill

Um passeio super bacana pra fazer a dois é ver o pôr do sol na Signal Hill, que fica aos pés do bairro Bo-Kaap. Dá pra chegar lá de carro ou com os ônibus de turismo vermelhos. Tem muita gente que faz piquenique lá em cima. Por isso vale chegar um pouco antes pra pegar um bom lugar, colocar a toalhinha no chão, abrir a cesta com guloseimas e curtir outra vista deslumbrante da cidade.

Passeios românticos
V&A Waterfront é um lugar ideal para quem gosta de shopping e restaurantes, e um passeio que também pode ser romântico. Há lojas e restaurantes para todos os gostos e bolsos, desde fast food até cardápios mais elaborados e chiques, com direito a champagne e ostras.

cape town

Para os pombinhos, uma opção pode ser um tour de fim de tarde pelos canais, um passeio relaxante. E para quem procura algo diferente e quer uma visão das alturas, recomendo um passeio de helicóptero a dois. No Waterfront tem várias empresas que oferecem essa proposta.  E olha que os preços não são assim tão exagerados.

Foto: Blog Getaway
Foto: Blog Getaway

E se a sua cara metade tem um estilo mais aventureiro, mega recomendo um passeio em sidecar pela Cidade do Cabo!!

Nos posts anteriores contei como foi descer a Table Mountain a pé e falei do Bo-kaap e das maravilhosas vistas da Chapman´s Peak. Bom, essas foram as minhas dicas de Cape Town, do que fiz e do que conheci por lá. Se você tiver outras e quiser enriquecer este post, compartilhe com a gente.

Hospedagem
Nos primeiros dias fiquei hospedada no Bohemian Backpackers no bairro Observatory, a área era legalzinha, com vários barzinhos e um ar descolado, mas a parte ruim é que fica longe de qualquer atração turística, e durante a noite não tive muita vontade de andar sozinha. Sinceramente, não recomendo esse hostel, não curti o atendimento, um dos chuveiros estava entupido e o café da manhã era ridículo. Sem contar que o preço não foi nenhuma pechincha. Aliás, acomodação na Cidade do Cabo não é das dez mais em conta, tudo bem carinho.

Por conta de tudo isso, nos outros dias decidir ficar no Bo-Kaap. Além de ser um lugar bacana, há várias opções de B&B e pousadas agradáveis na região. Eu fiquei no Rouge on Rose, uma delícia de hotel boutique; quartos muito confortáveis, decoração aconchegante e um atendimento de primeira. E a localização é muito prática, a 5 minutos a pé do centro e a uns 25 do Waterfront.

rouge en rose

E na última noite, para fechar com chave de ouro, fiquei hospedada no famoso Cape Grace, no V&A Waterfront. Apesar de ser um cinco estrelas, o hotel tem um certo ar de casa da gente. Achei o lugar chique, bem decorado, mas sem exageros.

cape grace cape town

A piscina no térreo e a vista noturna de toda a área do Waterfront (do último andar) são imperdíveis. Ah, e para os fãs do whisky, o hotel tem um bar exclusivo, o Bascule Whisky, que oferece mais de 400 etiquetas da preciosa bebida.

A noite que passei no Rouge en Rose e no Cape Grace foram cortesias desses hotéis.

Mais informações sobre a Cidade do Cabo clique aqui.

Mais posts sobre a África do Sul:
Cidade do Cabo
– O que fazer na Cidade do Cabo
– Conhecendo a Table Mountain
– A ilha de Robben Island
– Conhecendo a Rota dos Vinhos da África do Sul

Joanesburgo

– Museu do Apartheid
– Soweto e Mandela Square
– Blue Train, um passeio de trem de luxo
– Como escolher um safári na África

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *