Na metade do mundo

Uma das maiores atrações de Quito é o monumento da metade do mundo. A tal da linha imaginária que divide os hemisférios em norte e sul. Eu estive lá,  mas o que eu não imaginava era que além da linha amarela pintada no chão, ia encontrar um museu, um mirante, um planetário e até mesmo uma praça de touros ao redor.


Os equatorianos chamam todo esse complexo de Ciudad de la Mitad del Mundo. Dentro da cidadezinha tem dezenas de lojinhas, restaurantes e pavilhões de diversos países.

A história desse ponto é curiosa, uma expedição francesa marcou que a latitude 0º 0″ 0″ se encontrava ali onde está o monumento, mas parece que realmente esse ponto está 300 metros mais ao norte.

Polêmicas à parte, todo mundo que visita esse lugar quer tirar a famosa foto com um pé no hemisfério norte e outro no sul.

Mitad del mundo (5)

Também recomendo uma visita ao Museu Etnográfico (que fica dentro do monumento), que conta a história de diversos povos equatorianos. Tem vestimentas típicas, mapas detalhados, fotografias e réplicas de casas tradicionais. Além disso, a vista lá de cima do monumento, que tem 30 metros de altura, é bem bacana.

Fiz esse vídeo pra mostrar pra vocês que eu ainda não cheguei no fim do mundo, mas na metade já.

Quanto custa
A entrada do monumento custa US$3. Pra subir no mirante e entrar no Museu Etnográfico tem que pagar mais US$3. A entrada do planetário também é separada, US$1,50.

Como chegar
O monumento está a cerca de 13 quilômetros de Quito. Eu fui de ônibus de linha mesmo e não tive nenhum problema pra chegar lá. Além de olhar a paisagem, paguei baratinho (US$0,25). Demorei cerca de uma hora pra chegar. Peguei o busão na Avenida América, e na frente do bus estava escrito; Mitad del Mundo.

 

A única coisa é que você tem que ficar esperto na hora de descer porque o ônibus passa por lá e continua seu trajeto, ali não é ponto final. Peça pro motorista ou alguém te avisar onde descer. Outra opção é pegar um táxi (US$25) ou fazer um tour, que eu acho que não vale a pena. Dá pra ir sozinho numa boa.

Mitad-del-mundo

Outros posts sobre Quito:
– Quito, Patrimônio da Humanidade
– Cotopaxi, o vulcão majestoso

1 Comment

  • belo local ,já ai estive em Dezembro de 2013 em uma visita com a comissão organizadora do festival mundial da juventude

Comments are closed.