Península Valdés, o paraíso das baleias

madryn baleias

Uma viagem a Puerto Madryn, na Patagônia argentina, nunca está completa se você não visitar também a Península Valdés, que fica a 100 quilômetros de Puerto Madryn. Toda a península é área natural protegida e patrimônio da humanidade. Um dos principais atrativos dessa região são as baleias-franca-austral, que de junho a começo de dezembro vão até Puerto Pirámides.

madryn baleiasmadryn baleias

Eu nunca tinha visto uma baleia ao vivo e a cores, então dá pra imaginar a minha empolgação, né? Colete salva-vida bem amarrado, subimos no barco e lá fomos nós mar adentro à procura de alguma baleia. Depois de navegar alguns minutos, o capitão avistou duas; uma grande com a sua cria, que não desgrudava da mãe. Ficamos parados ao lado delas por uma meia hora.

Cada vez que a baleia subia à superfície pra respirar era uma festa. O som delas borrifando água tem algo mágico. Nessa hora era click click click pra tudo quanto era lado.

madryn baleias madryn baleias
Depois disso fiquei esperando aquele momento em que a baleia mostra a cauda, e olha que tive sorte, consegui fotografar esse instante. Meio de longe, mas tá valendo né?

IMG_4751 madryn baleias

madryn baleias

O espetáculo foi bacana, mais ainda porque eu nunca tinha visto nada parecido. Mas confesso que fiquei um pouco desapontada por não ter encontrado mais baleias. A guia explicou que a melhor época  pra avistar esses mamiferos nessa região é de junho a novembro. Por isso, se você quer se esbaldar de ver e fotografar baleias-austrais, aconselho não deixar pro fim do ano, mesmo porque o passeio é bem carinho; US$50 por pessoa com uma duração de 1h30 mais ou menos.

madryn baleias

Depois das baleias, continuamos até chegar à Caleta Valdés, onde centenas de leões e lobos marinhos fazem a festa nessa praia. Dá pra chegar lá de carro e admirar esses engraçados animais desde cima. A paisagem é incrível!

madryn madryn
madryn

E se você tiver sorte, dependendo da época do ano, pode ver baleias orca dali mesmo. Infelizmente, quando chegamos lá, parece que um grupo de seis orcas tinha passado 15 minutos antes da gente chegar 🙁 Ah, não deixe de usar o binóculo gigante que tem lá. Com a ajuda dele consegui ver dois lobos-marinhos em pleno seção “furunfada” na praia.

Fizemos a excursão a Península Valdés com a agência Argentina Visión. Além desse tour, eles também oferecem excursões em jipe 4×4 pelas dunas de Puerto Madryn, entre outros circuitos. A excursão a Península Valdés foi uma cortesia.

Eu conheci Puerto Madryn a convite da Secretaria de Turismo de Madryn, num blogtrip que fiz junto com outros blogueiros argentinos da Red Viajar.

Mais posts:
Puerto Madryn, porta de entrada da Patagônia
Pinguins na Patagônia