Degustação de vinhos

Anuva wines

Todo mundo sabe que a Argentina é um ótimo lugar para experimentar vinhos acompanhados de boas empanadas, né? O Viagem Cult foi convidado para participar de uma degustação com o pessoal do Anuva Wines em Buenos Aires e lá fui eu.

Eu moro na capital argentina há três anos e por incrível que pareça, ainda não tinha participado de nenhuma degustação de vinhos aqui. Mas faz pouco tomei vergonha na cara e decidi que já tinha passado da hora de me deliciar provando bons Malbecs.

O lugar onde são feitas as degustações é super fofo. Fica no primeiro andar de um loft bem bacana em Palermo. O ambiente é agradável e mais parece que você está na casa de algum amigo; janelões de vidro com muita luz, mesa arrumada e um sommelier super simpático que explica de maneira bem descontraída tudo o que você quiser saber sobre vinhos e espumantes.

Anuva wines (3) (Copy)

Anuva wines (9) (Copy)

Nessa degustação que participei éramos 9 pessoas, tinha um casal brasileiro, um inglês e dois casais americanos. A apresentação foi toda feita em inglês, mas também tem degustações em espanhol e, a pedido, em português.

Na verdade, eu não sou muito fã de vinhos tintos, mas confesso que todos os que provei ali eu gostei bastante. Experimentamos 5; dois brancos e três tintos. Meu favorito foi um branco torrontés, levemente adocicado e bem perfumado. Começamos com um espumante suave. Aliás, a sommelier contou que esse tipo de bebida não pode ser chamada de champagne, isso é exclusividade para os espumantes fabricados na França. Enfim, sei que muita gente chama assim, mas aprendi que não é certo.

Anuva wines (4) (Copy)

Outra curiosidade que adorei saber é sobre o significado do nome Malbec. Algumas pessoas acham que essa uva nasceu na Argentina, mas, na verdade, ela foi trazida da França. Malbec significa em francês bico ruim. Mal = ruim e bec = bico. O que faz uma referência a sabor ruim. Mas isso se deve a que o Malbec não era um vinho prestigiado na França, totalmente ao contrário da fama que tem hoje na Argentina. Aliás, os hermanos são os maiores produtores mundiais desse tipo de vinho.

Anuva wines (8) (Copy)

Voltando a degustação, ela foi acompanhada de uma maridagem com 5 aperitivos típicos argentinos que combinam perfeitamente com cada vinho; uma torrada com pera e nozes, dois sorbets de frutas, tábua de frios, uma empanada, e para fechar com chave de ouro, duas trufas de chocolate que casam muuuuito bem com um tinto.

Quem for vegetariano, é só avisar que eles também preparam aperitivos sem carne. Um detalhe, como o nome bem diz, são só petiscos. Não vá achando que você vai sair dali jantado, mas garanto que as comidinhas são ótimas.

Anuva wines (2) (Copy)

Depois da degustação e das explicações, ainda dá pra tomar mais uma taça do vinho que você escolher. E a melhor parte é que você pode levar um ou vários pra casa. Dos 5 que nós experimentamos, os valores começavam em US$18 a garrafa.

Se você é fã de vinhos, quer conhecer um pouco mais sobre a bebida, e não vai poder ir até Mendoza, quando vier a Buenos Aires não deixe de fazer uma degustação dessas. A diferença é que todos os vinhos que experimentamos ali são de vinícolas boutique da região de Mendoza ou Salta. Ou seja, a produção é pequena. Por isso, dificilmente vai ser possível encontrar algumas dessas garrafas em supermercados ou lojas do ramo. Não preciso dizer mais nada, né? Saúde!!

Anuva wines (7) (Copy)

A degustação de vinhos foi uma cortesia da Anuva Wines.

Serviço:
É preciso fazer reserva antes, principalmente se você quiser que a degustação seja feita em português. O evento dura cerca de 1h40 e custa US$52 por pessoa. O evento é feito duas vezes por dia; de segunda-feira a quinta-feira tem às 3pm ou 6pm; e na sexta-feira e sábados, 2pm ou 5pm.

UPDATE
A Anuva Wines fechou as portas em Buenos Aires, infelizmente.

Mais posts sobre vinhos aqui:

Tour pelas vinícolas de Mendoza
Rota dos vinhos na África do Sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *