7 dicas para mulheres que viajam sozinhas

Se os amigos não podem te acompanhar, se você não está namorando e ninguém quer conhecer esse lugar que você tanto sonha, é melhor não esperar mais! Tome coragem, se prepare e viaje sozinha mesmo!!

Sei que pode até dar um pouco de medo no começo, mas acredite que o esforço vale a pena. Nós estamos tão acostumados a viajar acompanhados que a gente acaba esquecendo que viajar sozinho também tem outras vantagens.

Lado positivo
Quando uma pessoa viaja desacompanhada ela está muito mais aberta a conhecer outros viajantes e gente local. Quando estamos com um namorado ou amigos, acabamos interagindo muito mais com eles e esquecemos de puxar papo com quem está ao nosso lado no ônibus, no hostel, na praça, etc.

Pense que você vai poder fazer o que quiser na hora que tiver vontade. Não vai precisar chegar a um acordo pra ver que lugar visitar no dia seguinte, em que restaurante comer ou se amanhã vai rolar praia ou passeio pela cidade.

E as vantagens não param por aí. A melhor parte de viajar sozinha é que você ainda corre o risco de encontrar um “affair” no meio do caminho, se não tiver alguém te esperando no Brasil, é claro. Uma conversa no hostel, uma pergunta sobre onde fica tal lugar e … quem sabe isso se estende e você já arranja uma companhia pra passear no dia seguinte!!

cuba
Fui sozinha pra Cuba e olha a galera que conheci no ônibus indo de Havana para Trinidad

Eu já viajei muito sozinha e acho que a gente só fica realmente sozinho em qualquer lugar se quiser. Nesses casos eu prefiro me hospedar num hostel porque aí é certeza que vou encontrar outros viajantes por lá. Um conselho, antes de reservar, é bom checar se o alojamento tem alguma área onde o pessoal pode bater papo e se reunir, algum lugar como uma cozinha grande ou uma sala de TV, porque assim vai ser mais fácil encontrar outras pessoas.

No caso de mulheres que viajam sozinhas, sempre é bom tomar alguns cuidados
pra que tudo corra bem. Faz pouco dei uma palestra sobre isso no III Encontro de blogueiros da Red Viajar, junto com a Guada Araoz, do blog Hasta Pronto Catalina. Quem quiser assistir ao vídeo (em espanhol), tá aqui.

A gente deu várias dicas para mulheres que se aventuram pelo mundo:

1. Uma mentirinha pode ajudar – Em alguns países não é comum que mulheres viagem sozinhas. Então para evitar que alguns fiquem perguntando e perseguindo você, rola uma mentirinha de que o teu marido e os teus filhos estão no hotel esperando por você. Eles não vão saber se é verdade ou não e isso pode afastar qualquer má intenção. Vale também levar uma foto de algum amigo e dos sobrinhos pra fazer a mentira parecer mais real;

2. Sentir-se segura – Levar um apito pode ajudar em situaçãoes de risco. É um objeto que não pesa, custa pouco e faz bastante barulho, se for preciso;

3. Cuidado com a bebedeira! Não fique bêbada sozinha. Pense que talvez ninguém te ajude a voltar ao hostel e que dessa maneira você pode ficar muito mais exposta e vulnerável na rua;

4. Respeite outras culturas – Se você visitar algum país muçulmano ou algum mais tradicional, é melhor respeitar a cultura local e se vestir como as mulheres de lá. Evite usar shorts, saias e blusas apertadas, se você não quiser chamar a atenção;

5. Avise – Não esqueça de avisar, sempre que possível, alguma pessoa da sua confiança onde você está e qual será seu próximo destino;

6. Cuidado! – Evite andar de noite por ruas escuras, vazias ou duvidosas. Sempre é melhor fazer isso durante o dia;

7. Intuição – Este é um dos conselhos mais importantes; use sempre o sexto sentido e a intuição. E não tenha medo de dizer não, quando for preciso.

cuba

Se você tem outras dicas para mulheres que viajam sozinhas, compartilhe aqui no blog com a gente!! Vamos adorar saber quais são.

5 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *