Expo do artista brasileiro Vik Muniz em B. Aires

vik muniz

A capital portenha recebe uma super exposição do brasileiro Vik Muniz. Aliás, essa é a primeira vez que o artista expõe na Argentina. Eu estive na mostra e gostei tanto, que resolvi contar aqui no blog. Se vocês passarem por Buenos Aires até o final de setembro, não deixem de visitar porque é incrível.

E o mais legal é que a exposição está dentro de um museu super bacana, el Museo Hotel del Inmigrante. Esse curioso museu está num prédio belíssimo e conta a história dos milhares de imigrantes europeus que no passado cruzaram o Oceano Atlântico em busca de uma vida melhor, mas sobre o museu eu prometo escrever outro post.

vik muniz

Este é para falar da exposição do Vik Muniz, que é uma retrospectiva dos seus quase 30 anos de carreira. Fotografia, trabalho digital e muita criatividade são os motores da sua arte. Imagens enormes que fazem a gente apreciar e logo em seguida, reflexionar. Muitas das suas obras têm uma mensagem social.

vik muniz

Essa do mapamundi, por exemplo, está feita com computadores e dejetos eletrônicos, que foram colocados um do lado do outro. Depois de ver essa imagem é impossível não pensar no grande problema do entulho eletrônico.

vik muniz

Em outra técnica, a do collage, Muniz cria imagens através de fragmentos de várias fotos. Quando você chega bem perto, vê assim…

vik muniz

Mas é só ir mais longe para ver como a imagem toma outra dimensão e significado.

vik muniz

Como essa é a primeira vez que obras do Muniz estão na Argentina, ele fez uma espécie de homenagem. O Obelisco, o cartão postal mais famoso de Buenos Aires, foi redesenhado pelo fotógrafo nesse collage. O mais legal é que essa obra está toda feita com pedacinhos de cartões postais. Vejam que bacana!

vik muniz obelisco

Tem vários quadros nesse estilo, como este outro do Rio de Janeiro. Essa coleção se chama Postais de lugar algum.

vik muniz
A parte pop da mostra fica por conta de personalidades famosas que foram redesenhadas com comida; chocolate, caviar, doce de amendoim, geleia e até mesmo feijão.

vik muniz

vik muniz

vik muniz

As técnicas são várias e a exposição é grande. São 95 obras que decoram as enormes paredes do Museo del Inmigrante. Você caminha, muda de sala e fica com vontade de querer ver ainda mais.

vik muniz

Vik Muniz é paulista e depois de passar muitos anos vivendo nos Estados Unidos, agora mora no Rio de Janeiro. As obras desse renomado artista fazem parte de coleções em grandes museus do mundo, como o Museo de Arte Moderna de São Paulo, Museu de Arte Contemporâneo de Los Ángeles, Museu Victoria and Albert de Londres, entre outros.

vik muniz
E a melhor parte é que essa exposição em Buenos Aires é gratuita. Além disso, o Museu Centro de Arte Contemporâneo da Universidade Untref (sede do Hotel de Inmigrantes) é tão lindo que acaba sendo uma visita 2 em 1!! E depois que sair da exposição, você também pode aproveitar para passear em Puerto Madero, que fica bem perto.

Mais informações

vik muniz
A exposição Vik Muniz fica em Buenos Aires até o fim de setembro (de 2015). O Hotel dos Inmigrantes fica na Av. Antártida Argentina, 1355. Esse lugar está bem perto da estação de trem de Retiro e do Buquebus (os ferrys que vão para o Uruguai).

A maneira mais fácil de chgar é descer na estação de trem de Retiro e caminhar alguns quarteirões, mas se você não conhece bem Buenos Aires, acho melhor pegar um táxi até lá. Os ônibus que passam ali perto são: 5, 6, 7, 9, 20, 22, 23, 26, 28, 33, 45, 50, 56, 70, 75, 91, 92, 100, 101, 106, 108, 115, 126, 129, 132, 143, 150, 195.

Quer saber tudo sobre Buenos Aires? Confira o guia de viagem digital para ter a capital portenha aos seus pés!

Horário
A mostra abre de terça a domingo, das 11 às 19h. Para quem gosta de visita guiada, tem uma (em espanhol) às 17h, de terça a domingo.

Quer mais dicas sobre Buenos Aires? Aqui tem mais de 50 passeios para você descobrir e se divertir na capital portenha.

1 Comment

Comments are closed.