Sol, surf e praias salvadorenhas

Foto: Esteban Mazzoncini
Foto: Esteban Mazzoncini

Para os amantes do surf, El Salvador é o lugar. Esse pequeno país da América Central tem nada menos do que 317 km de praias banhadas pelo Oceano Pacífico. Tem para todos os gostos, mar agitado, água morninha, areia negra, mar tranquilo e areia branca. Surfistas do mundo todo procuram as praias desse país pelas suas ondas grandes e rápidas.

Bem pertinho da capital, San Salvador, fica o estado (departamento) La Libertad. É ali onde fica El Tunco, a meca dos surfistas. Esse lugar é famoso pelas grandes ondas, pela temperatura agradável do mar e pelos surfistas do mundo todo que chegam diariamente.

Eu estive em El Tunco e foi um dia especial porque fiz duas coisas pela primeira vez; pisei na areia negra e tive uma aula de surf. A areia dessa praia é escura porque tem origem vulcânica.

el salvador

san salvador

O marzão tava lá me esperando e lá fui eu para a primeira aula de surf da minha vida. A prancha era 2 vezes maior do que eu. Tive uma pequena demonstração de como (tentar) ficar de pé na prancha e, logo em seguida, aula prática mesmo. Nadamos um monte até chegar onde as ondas começavam a quebrar.

Tentando ficar de pé...doce ilusão
Tentando ficar de pé…doce ilusão

O professor, gente boa, teve bastante paciência para me explicar como entrar na onda e até me deu um empurrãozinho na hora H, masssssss é claro que eu não consegui ficar de pé na prancha de primeira. Bom, nem na segunda e nem na terceira. Tentei mais umas 3 vezes e acabei surfando deitada mesmo, para decepção do professor.

Mesmo assim curti a valer a experiência e me diverti muito durante essa hora de aula. Aliás, agora admiro mais os surfistas. Dá muito trabalho ter que remar com os braços, e ficar de pé na onda então ufffff é uma tarefa muuuuuuito difícil.

el tunco - el salvador

Depois da aula, visitamos o Mercado de Peixes da Libertad. Um (muelle) enorme onde você encontra todo os tipos de frutos do mar, peixes, camarões e várias conchas. Os barcos atracam ali mesmo e a mercadoria é literalmente super fresca. Na frente do mercado de peixes há vários restaurantes que oferecem, é claro, peixes no cardápio.

Foto: Esteban Mazzoncini
Foto: Esteban Mazzoncini

Super recomendo a visita ao Mercado de Peixes para ver como os homens salgam os peixes e para admirar a quantidade de espécies diferentes que vivem no mar.

E para terminar o dia da melhor maneira, ainda tivemos tempo de participar de um projeto super bacana; liberar filhotes de tartarugas marinhas criadas em cativeiro.

A história é assim, as tartarugas marinhas são uma espécie em vias de extinção nessa região de El Salvador, por isso o governo dá dinheiro a associações para que elas comprem os ovos de tartaruga dos homens que vivem na praia, enterrem e cuidem das tartaruguinhas até uma semana depois do seu nascimento.

el salvador el salvador

O problema é que nesse país os ovos de tartaruga são vistos como uma iguaria e muita gente os come. Por isso, em uma tentativa de evitar que as futuras tartaruguinhas parem no estômago dos salvadorenhos, o governo dá dinheiro a essas associações para que elas comprem os ovos e criem as tartarugas em cativeiro, para depois liberá-las no mar.

Mas o processo não termina por aí, porque uma vez que os filhotes são soltos no mar, com apenas dias de nascimento, eles devem enfrentar outros predadores naturais, como os cachorros que andam na praia, grandes aves e peixes.

A sensação de segurar as pequenas tartarugas, de apenas dois dias, algumas nem tinham os olhos abertos, na palma da minha mão foi muito gostosa e gratificante. Quando as coloquei na areia elas mexiam as patinhas rapidamente e iam em direção ao mar. Instinto de sobrevivência puro.
el salvador

Mas aí vem a parte triste. Um dos homens que trabalha na associação me disse que de cada 100 tartaruguinhas que são soltas no mar, apenas 4% conseguem realmente sobreviver. As estatísticas não são boas, mas achei super importante esse projeto e adorei ter participado nem que seja de uma maneira indireta para tentar preservar esse lindo animal.

Se você visitar El Salvador, não deixe de conhecer as suas belas praias. Para quem gosta de surf, as mais recomendadas são El Tunco, El Zunzal e Las Flores. E se você procura praias para descansar e relaxar, vá à Costa del Sol e visite El Espino, ou Los Cobanos, se você curte fazer snorkel.

Nós fizemos essa excursão às praias salvadorenhas e participamos do projeto de soltar as tartarugas com a Salvadorean Tours. A excursão foi uma cortesia e nós também contamos com o apoio do Ministério de Turismo de El Salvador.