Utila, uma ilha para mergulhar

utila

A vida é feita de momentos como este. Foto: Esteban Mazzoncini
A vida é feita de momentos como este. Foto: Esteban Mazzoncini

Quando pensava em Honduras imaginava praias com mar azul, areia branca e muitas palmeiras. O país tem 3 ilhas famosas e Utila é uma delas. Lemos que esse seria um bom lugar para descansar e curtir um pouco das belezas do mar caribenho e pra lá fomos nós nesta nossa honeymoon blogger.

Utila fica no norte de Honduras e tem um estilo relax, bemmmm roots. Diria até demais para o meu gosto. Essa pequena ilha é a meca de quem curte fazer mergulho. Nada menos do que a segunda maior barreira de coral do mundo, conhecida como o Arrecife Mesoamericano, passa por lá. Essa barreira, de cerca de 100km, começa no México e passa pela Guatemala, Belize e Honduras. O lugar é famoso porque nesse ecosistema vivem mais de 65 espécies de corais, 350 espécies de moluscos e mais de 500 espécies de peixes.

Não é à toa que muita gente vai para Utila para mergulhar. Aliás, esse é um dos lugares mais baratos do mundo pra fazer cursos de mergulho. Pra ter uma ideia, um curso básico de 4 dias com hospedagem custa em média US$300.

O mais engraçado é que nenhum de nós dois mergulha, mas mesmo assim fomos conhecer Utila e ficamos 3 dias hospedados nessa famosa ilha hondurenha. No centrinho da cidade tem várias lojas que oferecem cursos de mergulho e muitos jovens ¨bem relax¨, caminhando por lá. Eu diria que o estilo da ilha é uma mistura entre hippies e bicho grilo.

Foto: Esteban Mazzoncini
Foto: Esteban Mazzoncini

Não se assuste ao ver que muitos falam inglês com sotaque britânico. Utila foi colônia do Reino Unido por vários anos. Pelas ruas há centenas de placas em inglês.

 

utila
O mar é bonito e as palmeiras estão lá, mas o que eu não esperava era encontrar um monte de gente andando de moto, carrinhos de golf e tuc-tuc (bici-táxis) pra cima e pra baixo. Como as ruas são estreitas e não tem calçada, é preciso andar toda hora bem na beirada pra não ser atropelado por alguém, e isso é um pouco chato.

Foto: Esteban Mazzoncini
Foto: Esteban Mazzoncini
Foto: Esteban Mazzoncini
Foto: Esteban Mazzoncini

Aproveito para contar quais são as principais atividades para fazer na ilha, além de mergulhar, é claro.

O que fazer
No centro da ilha não tem praias. Para dar um mergulho ou tomar sol. Para isso é preciso ir até a praia particular e pagar US$3 ou a até a praia pública, que é grátis, e fica a uns 15 minutos caminhando do centro.

Neptuno

Utila

Esse foi o lugar que mais gostei de Utila. Tem que pegar um barco e navegar por apenas 20 minutos para chegar nessa prainha que é um paraíso. Pelo menos por enquanto, porque vi várias construções e placas de emprendimentos que vão ser construídos por lá, infelizmente.

Essa praia é a postal perfeita de como a gente imagina um lugar caribenho; mar azul transparente, areia branca fininha, coqueiros e redes para descansar. Ali fica o restaurante Neptuno, tem até wi-fi, e você pode almoçar e beber enquanto toma sol. Do lado há 4 chalés para quem quiser passar a noite nessa pedacinho de paraíso. As casinhas são novas e são uma gracinha.

Water Cay

utila

Utila (Water Cay)

Esse é o outro lugar bem famoso em Utila. Várias agências e barqueiros fazem excursões até lá. Nós vimos fotos e ficamos encantados. O problema é que a gente não curtiu tanto assim quando chegou lá. O tal do ¨cayo¨ é bem pequeno e nesse dia estava com bastante lixo ao redor do pequeno ilhote. Segundo o cara que faz a limpeza do local, a sujeira vem de vez em quando com a maré. Verdade ou não, tivemos azar.

utila

Em Water Cay não tem nenhuma casa, bar ou coisa que o valha. A ideia é ir para passar algumas horas tomando sol e nadando nas águas cristalinas desse mar caribenho. Para chegar até lá são mais ou menos uns 25 minutos de barco ou lancha. Nós fomos com o capitão Hulk, recomendado pelos locais. Hulk é um simpático morador que nasceu lá e hoje deve ter uns 70 anos. Durante a viagem ele nos contou como era Utila antigamente e como ele sente saudades da época em que havia poucos moradores e sobrava comida e coco para exportar.

Mergulho e caiaque
A gente não mergulhou, mas na ilha tem várias escolas de mergulho e nós fomos conhecer uma das maiores e mais tradicionais, a Utila Dive Center. Eles contam com vários instrutores, muitos equipamentos, barcos e um lugar super bacana. No fim da tarde ou da manhã, o deck deles é um ótimo lugar para relaxar e ver o tempo passar depois de alguma atividade aquática.

utila dive center
Foto: Esteban Mazzoncini
Foto: Esteban Mazzoncini
Foto: Esteban Mazzoncini

Aproveitamos para andar de caiaque já que as águas que rodeiam Utila são bem calmas. Fizemos um passeio de umas duas horas pelo mar e adoramos ver a ilha de outros ângulos. Além dos cursos de mergulho, o Utila Dive Center aluga caiaques e remos.

Eu e o Esteban andando de caiaque no mar caribenho
Eu e o Esteban andando de caiaque no mar caribenho

Uma dica importante, não deixe de levar repelente quando visitar Utila. Vários. Eu não sei se foi a época em que fomos (dezembro) ou qual foi a razão, mas a ilha estava infestada de mosquitos. Mesmo com repelente tinha vezes que eles faziam a festa. E como se isso fosse pouco, descobri que existem um tal sandfly (mosquito de areia), são uns bichinhos suuuuuper pequenos que fazem o maior estrago na sua pele. Dói mais do que picada de mosquito. Conversando com os locais, eles nos disseram que são tipo pulguinhas de areia, mas quando tem uma leve brisa eles não aparecem. Mas infelizmente eles bateram cartão no dia em que a gente resolveu relaxar na praia de Neptuno.

Onde ficar
A maioria das hospedagens na ilha são para backpackers, mas também há alguns hotéis para outros targets um pouco mais afastados do centro.

A gente ficou no Mango Inn, num quarto estandard, durante 3 dias. Esse hotel no meio de um bosque tropical é bacana e tem duas piscinas que são uma alegria para o corpo nas horas mais quentes do dia. Os quartos são meio velhinhos e acho que falta uma reforminha neles, mas a infraestrutura do hotel é boa e a localização também é bacana, a 5 minutos do centrinho muvuca.

mango inn

mango inn
O hotel oferece vários tipos de acomodação, algumas um pouco mais requintadas e dormitórios com várias camas, para quem quer economizar. Se você não é fresco, esse hotel é uma boa opção para descansar e curtir uns dias de férias nessa ilha hondurenha. O Mango Inn fica a 5 minutos caminhando do porto, mas mesmo assim oferece transfer gratuito do porto.

Outra coisa bacana é o restaurante do hotel, onde fazem umas pizzas saborosas num forno à lenha. O Mango Inn é do mesmo dono do Utila Dive Center e eles costumam oferecer promoções para quem faz o curso de mergulho e fica hospedado lá.

Como chegar

Ferry da Utila
Ferry da Utila Princess

Só da pra ir a Utila de ferry (1h15), desde La Ceiba, ou de avião (15 minutos de voo) também desde La Ceiba, norte de Honduras.

Tem duas empresas que fazem a travessia de ferry; a Utila Princess (a mais barata e um pouco mais lenta, 1h15) e a mais nova é a Utila Dream, com embarcações maiores e um pouco mais rápida (45 minutos). A gente preferiu a mais econômica porque a diferença de tempo é mínima e o preço é a metade do outro. A viagem foi super tranquila.
Quando ir
A gente foi em dezembro e passamos bastanteeeee calor. Isso que supostamente era verão. Dica, não vá no verão porque é temporada alta, faz muito calor e os preços são mais elevados.