Comuna 13, uma favela turística e pacificada

Comuna13

De longe parece uma favela carioca, mas quando a gente vai chegando perto dá para perceber que essas casinhas coloridas são de tijolo e subir o morro é super tranquilo. Mas nem sempre a Comuna 13 de Medellín foi assim. Graças a uma pacificação em 2002 e a implementação de um projeto incrível, seis escadas rolantes que ligam a comunidade ao pé do morro, a criminalidade por lá diminui bastante.

¨Hoje em dia vivemos em paz. As crianças brincam na rua e já não temos medo¨, conta Elena, uma das trabalhadoras das escadas rolantes. Mas o processo de pacificação, conhecido como Operación Orión, foi duro. Em 2002 o exército e a polícia colombiana invadiram o morro para prender grupos guerrilheiros e paramilitares. Durante essa operação, que durou uma semana, 247 pessoas foram presas, 18 morreram, entre elas algumas crianças, e 50 ficaram feridos.

Comuna13

Comuna13

Depois da pacificação veio a ideia de instalar as escadas rolantes com o objetivo de inclusão social. Imagina que os moradores antigamente tinham que subir tantas escadas, 350 degraus precisamente, que demoravam mais ou menos meia hora para chegar até as suas casas. Com as escadas agora é possível subir ou descer em 4 minutos. Isso mesmo! Assista ao vídeo que fiz por lá.

COMUNA13

Além das escadas rolantes e dos moradores pra lá de simpáticos, outro atrativo são os grafittis que alegram o caminho. Murais coloridos dão as boas-vindas aos visitantes e continuam enfeitando o trajeto até lá em cima. As pinturas são muito bonitas e originais. Arte que fala por si só.

Comuna13

Comuna13

Comuna13

Comuna13

Ao redor de 60 mil pessoas da comunidade utilizam as escadas todos os meses. A parte da inclusão social é que hoje em dia, graças a essas famosas escadas, muitos turistas e colombianos visitam a Comuna 13. Esse projeto de mobilidade urbana já rendeu vários prêmios à cidade.

Realmente recomendo uma visita à Comuna 13 para quem vai a Medellín. Uma oportunidade única de conhecer um projeto pioneiro que deu certo e de tirar aquela imagem que a imprensa sempre quer passar de que os moradores das favelas são pessoas perigosas e traficantes.

Eu encontrei esse site que faz um tour pelos grafittis da Comuna 13. Eu visitei o lugar sozinha, mas quis colocar a proposta aqui porque achei bem interessante já que o tour é guiado por pessoas da comunidade e parte do dinheiro vai para projetos locais. www.medellingraffititour.com

Depois de visitar a Comuna 13, recomendo voltar a estação San Javier e subir com o metrocable até Aurora, outra comunidade carente da região. As vistas dali de cima são incríveis.

MEDELLIN

O metrocable é outro projeto inovador da Colômbia. Um sistema de transporte público para os moradores, não com uma finalidade turística. Ou seja, esse é o city tour aéreo mais barato que já fiz até hoje, paguei menos de um dólar.

Para chegar à Comuna 13 tem que ir até a estação de metrô San Javier e logo ao lado pegar o ônibus 20 de julio (de ônibus são 5 minutos). As escadas rolantes funcionam de 2f a sábado, das 6am às 22h; e aos domingos e feriados, das 8am às 19h.