10 dicas antes de visitar o Machu Picchu

machu picchu

Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade, o imponente Machu Picchu é um dos lugares mais visitados do Peru. É incrível ver como os incas construíram essa cidadela no século XV e como ela continua bem preservada até hoje. Eu estive lá faz pouco e conto pra vocês 10 coisas que vale a pena saber antes de visitar esse santuário.

1. Carimbo

machu picchu
Sabia que logo na entrada, depois de entregar o ticket, do lado esquerdo você pode carimbar o seu passaporte com uma bela estampa do Machu Picchu? Vá você mesmo porque não tem nenhuma placa ou alguém avisando isso. Meu passaporte ficou bem feliz com esse novo carimbo!

2. Mosquitos

machu picchu

Sabia que no Machu Picchu, láaaa em cima tem mosquito? Pois é eu não fazia ideia e comprei um repelente antes de embarcar, mas tive sorte porue me disseram que a temporada desses malditos insetos costuma ser de maio a agosto. Por isso, se você visitar a cidade sagrada nessa época, não deixe de levar um repelente na mochila.

3. Bem cedo

Tem horas que tem muita gente e fica difícil até de caminhar
Tem horas que tem muita gente e fica difícil até de caminhar

Vença a preguiça e visite o Machu Picchu logo cedo. Os portões abrem das 6h da manhã às 17h e uma das melhores horas, na minha opinião, é ao amanhecer quando ainda não tem tanta gente por lá e depois das 14h, quando vários turistas já foram embora.

4. Água e comidinha

machu picchu
Antes de subir, compre água e um lanchinho. Você vai precisar depois de algumas horas de caminhada. Lá em cima, antes de entrar, tem um restaurante e uma lanchonete, mas os preços são bemmmmm carinhos. O restaurante oferece almoço buffet pelo terrível preço de 40 dólares e uma garrafa de água por 4 dólares. Leve pelo menos meio litro de água e alguma coisa para comer. Frutas secas, nozes, banana e chocolate são perfeitos.

5. Três vezes
Sabia que com o ticket você pode entrar e sair 3 vezes do Machu Picchu? Sim, mas não se empolgue porque as entradas devem ser feitas no mesmo dia e você vai precisar mostrar o passaporte cada vez que entrar e sair. Essas saídas são permitidas porque os banheiros ficam do lado de fora, assim como os restaurantes. Por isso, se quiser comer ou usar os banheiros, você pode sair e entrar até 3 vezes.

6. Caminhe e economize

Esse é o caminho sinuoso que dá pra fazer a pé ou de ônibus
Esse é o caminho sinuoso que dá pra fazer a pé ou de ônibus

Se você quiser fazer mais exercícios e economizar um pouco, não precisa pagar o ônibus que vai de Águas Calientes até o Machu Picchu (25 minutos) ida e volta. Você pode só ir com o ônibus para não chegar cansado, mesmo porque a ida é subida, e você vai precisar de bastante fôlego para percorrer a região. Mas o que dá pra fazer, se quiser economizar e fazer mais exercício, é descer a pé todo o caminho sinusoso (cerca de 1h30 de caminhada) e curtir um pouco mais da bela natureza do lugar. O ônibus custa 24 dólares (ida e volta) e assim você economiza 12 dolaritchos.

7. Vá com tempo

machu picchu
Reserve pelo menos umas 5 horas para visitar o Machu Picchu tranquilamente. Nós fizemos um tour super bacana que durou 3h e ainda tivemos fôlego para ir até Inti Punku (Puerta del Sol), que é uma caminhada levemente puxada na ida (porque é em subida). Para chegar até lá em cima demora mais ou menos uma hora e pouquinho. E se você subir até o Wayna Picchu, vai precisar de outras 2 horas. É um pouco puxado conhecer bem o Machu Picchu e você vai ver que é super necessário fazer várias paradas para recuperar o fôlego e também para tirar fotos. Muitas fotos!!

8. Outros ângulos

machu picchu
O Machu Picchu é tão inspirador que tem gente que vai lá para desenhar

Para subir a montanha menor que está em frente à cidadela do Machu Picchu, a Wayna Picchu, é preciso comprar o ingresso com bastante antecedência, pelo menos um mês. Tudo isso porque só permitem a entrada de 400 pessoas por dia nessa montanha. A gente não tinha comprado antes e quando fomos, nos disseram que só teriam lugar para depois de um mês.

Se você subir o Wayna Picchu, de onde se tem vistas incríveis, reserve pelo menos mais 2 horas e vá preparado para uma subida um pouco extrema; em algumas partes não há onde se segurar e os degraus são bemmm estreitos. Se você tem vertigem ou medo de altura, pense duas vezes antes de subir lá!

9. Ida e volta

Esse é o trem do Inca Rail que vai de Ollantaytambo até Águas Calientes
Esse é o trem do Inca Rail que vai de Ollantaytambo até Águas Calientes

Dá pra conhecer o Machu Picchu e voltar no mesmo dia até Cusco, mas sinceramente não aconselho essa maratona. Tem trens que saem bem cedo de Ollantaytambo (que fica a 2h de Cusco), às 6h40, e chegam em Águas Calientes às 9h10. Daí é só pegar o ônibus (25 minutos) e subir diretamente ao Machu Picchu, passear bastante por lá e voltar em algum trem que saia no fim da tarde. Ou seja, possível é, mas eu garanto que isso é muito cansativo.

O problema é que como os trens não saem de Cusco diretamente, é preciso viajar cerca de 2h até a estação. Então, na minha opinião, o melhor é chegar de tardezinha em Águas Calientes, descansar lá uma noite e subir o Machu Picchu no dia seguinte e aí sim pegar o trem de volta no fim da tarde nesse dia.

10. Custo alto

machu picchu
Visitar o Machu Picchu é uma emoção, mas também se gasta uma boa graninha para chegar até lá. A entrada ao santuário custava quando fui (março de 2016) cerca de 40 dólares + o ônibus de Águas Calientes até o Machu Picchu, 24 dólares + a passagem de trem (na classe executiva), cerca de 110 dólares (ida e volta) = 174 dólares no total, sem contar a estadia por uma noite em Águas Calientes e a comida. Por isso, reserve pelo menos uns 250 dólares para essa visita.

Dica
A gente fez a visita ao Machu Picchu com um guia e valeu muito a pena. Não é a mesma coisa ver aquele monte de construções e pedras sem nenhuma explicação do que ter alguém especializado no assunto do seu lado.

Nós tivemos o serviço de um guia da agência Vipac (Viajes Pacífico) e valeu cada segundo. Com o Fidel aprendi muito sobre a cultura inca, como a cidadela foi construída e preservada, detalhes que fizeram a diferença. O nosso passeio com o guia durou umas 3h e vimos o principal, depois fomos sozinhos até a Puerta del Sol. Se você não quiser contratar um guia com antecedência, na entrada do Machu Picchu há vários que oferecem esses serviços em espanhol e inglês e o preço vai depender de quanto tempo você quiser e do número de pessoas no grupo.

 

machu picchu

Mais informações
– Vídeo que fiz da viagem de trem

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *