Ruta del pisco no Peru

ruta del pisco

A eterna discussão de quem faz o melhor pisco, Peru ou Chile? Para ser bem sincera, pra mim tanto faz qual é o melhor porque eu gosto dos dois. O que eu curti mesmo foi fazer parte da Ruta del Pisco no Peru. Adorei passear por belas vinícolas, estar perto da Cordilheira dos Andes e entender um pouco mais do processo de elaboração dessa bebida tão famosa.

A região peruana de Ica é uma das mais famosas produtoras de pisco do país. O seu clima cálido e a fertilidade da sua terra fazem desse lugar um local perfeito para muitos quilômetros de vinhedos.

ruta del pisco ruta del pisco

A gente começou a Ruta del Pisco na fazenda Tacama, uma das mais antigas da região. Quando cheguei e vi aquelas plantações de uva e um jardim imenso super acolhedor, fiquei com vontade de passar o dia todo ali. Essa vinícola tem 220 hectáres de parreiras.

tacama ruta del pisco

Depois de fazer um tour guiado pela sua fábrica, museu e ouvir várias curiosidades sobre a preparação do pisco, ainda tivemos uma pequena degustação de vinhos e pisco, é claro. Ali fiquei sabendo que para fazer um litro de pisco são necessários cerca de seis quilos de uva. E que o pisco peruano para ter Denominação de Origem (DOC) deve ter uma graduação alcoólica entre 38° e 48°.

Fábrica de pisco da Tacama
Fábrica de pisco da Tacama

 

Um brinde a lua de mel
Um brinde a lua de mel

A gente não ficou para almoçar, mas vi que eles têm um restaurante lindo com pratos típicos peruanos.

A nossa parada seguinte foi em outra vinícola, El Catador, que também faz vinhos e pisco, mas de maneira artesanal. No mesmo terreno três familias dividem o espaço e cada uma tem a sua marca da bebida.

ruta del pisco

Ali pude ver pela primeira vez como é feito o vinho de maneira quase caseira mesmo. Vi como os homens passam o dia todo pisando nas uvas para extrair o seu suco, matéria-prima para o pisco e o vinho.

ruta del pisco

Tivemos uma breve explicação do nosso guia sobre a produção dessas bebidas e depois disso lá veio outra degustação. A Lucila tava que era só alegria. Provei um licor de figo e um de pêssego feito de pisco e adorei. Aliás, nem sabia que existiam outras bebidas feitas com pisco.

Licor de pisco
Licor de pisco

Durante o tour, descobri que uma das maiores diferenças entre o pisco chileno e o peruano é que o do Peru não descansa em barris de madeira, mas sim de metal. Obviamente com isso o sabor da bebida muda. O pisco peruano é sempre transparente, já o chileno costuma ter uma tonalidade mais amarelada.

Depois das explicações e da degustação, nós almoçamos ali mesmo no restaurante do El Catador, mas para ser bem sincera não gostei do atendimento nem da comida, mas o lugar vale a visita para ver como é o processo artesanal do pisco. Se puder escolher, recomendo almoçar no Tacama.

Comida peruana que provamos no El Catador
Comida peruana que provamos no El Catador

Ah, uma coisa que curti muito foi provar o chocoteja, um doce típico dessa região. É tipo um bombom feito com nozes, doce de leite e coberto de chocolate. Uma delícia!! Queria comer a toda hora, e para minha alegria fui encontrando chocoteja em várias cidades peruanas.

tejas peru
Essa é a deliciosa chocoteja

Nós fizemos a Ruta del Pisco com a Agência Viajes Pacífico e recomendo muito os seus serviços. Esse tour inclui guia, transporte, almoço e visita a duas vinícolas.

Esse tour foi uma cortesia, mas isso não influencia a minha opinião neste post, que é totalmente pessoal.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *