Cruzando a fronteira da Nicarágua a Costa Rica , um pesadelo

Nicarágua
Aí eu ainda estava sorridente

Se alguém me perguntar qual foi o pior dia da viagem até agora, digo sem pensar duas vezes, o dia em que a gente atravessou a fronteira da Nicarágua a Costa Rica. O problema começou logo cedo, na noite anterior eu tive uma intoxicação alimentar, estava me sentindo bem fraca e vomitando, mas mesmo assim a gente saiu para atravessar a fronteira. Hoje reconheço que deveria ter esperado mais um dia, mas como estávamos em um alojamento que não curtimos muito, queria mudar logo.

E como se isso fosse pouco, além de estar passando bem mal, decidimos ir à Costa Rica no dia 2 de janeiro, um dos piores dias para atravessar essa fronteira. Só que é lógico que a gente não sabia. É que milhares de nicaraguenses trabalham e moram na Costa Rica e logo em seguida do fim do ano, eles voltam para a Costa Rica, depois de passar as festas com os seus familiares. Por isso a fila nesse dia era imensaaaaaaaaa. Fora de brincadeira, era gente que não terminava mais. Todo mundo fazendo fila embaixo de um sol de rachar o coco. Eu fiquei na sombra porque estava passando mal, mas o coitado do Esteban teve que aturar 3h de fila e passar muito calor.

Nós pegamos um ônibus de San Juan del Sur a Peñas Blancas (do lado da Nicarágua), que demorou cerca de 1h. Depois de enfrentar a fila de 3h e de pagar uma taxa de US$12 , conseguimos finalmente carimbar o passaporte de saída da Nicarágua.

Cansados e suados atravessamos a fronteira a pé e percebi que essa fronteira é super movimentada. Muitos caminhões e carros também estavam esperando para atravessar. Quando chegamos do lado da Costa Rica tivemos que enfrentar a longa fila de novo, já que todos os que estavam daquele lado da fronteira estavam indo na mesma direção que a gente. A fila era tão grande que calculo que chegava a uns 2km mais ou menos.

Foi fueda encarar essa fila com um baita calor e cansaço
Foi fueda encarar essa fila com um baita calor e cansaço

Finalmente quando chegamos no guichê da imigração imagina o nosso cansaço quando fomos atendidos ao redor das 18h por um oficial mal educado e impertinente na Costa Rica. A gente não sabia que precisava mostrar uma passagem de saída da Costa Rica para poder entrar no país e tivemos um bom problema.

Tentamos explicar ao homem que tinha muita má vontade que a gente estávamos viajando por 4 meses e que não temos passagem de volta porque estamos indo de El Salvador a Bolívia por terra. O cara não quis saber e disse que sem passagem de saída a gente não entraria na Costa Rica. Ao tentar explicar mais uma vez o cara engrossou e disse; é a última vez que tento explicar ou mando vocês de volta para a fronteira da Nicarágua e não deixo vocês entrarem.

Eu fiquei muuuuito puta com a falta de educação e paciência desse homem. Como estávamos muito cansados e já estava ficando tarde, acabamos não pensando direito e compramos uma passagem ali mesmo, do lado de fora da imigração, de ônibus de San Jose (capital da Costa Rica) até a Cidade do Panamá (capital do Panamá) só para mostrar ao cara, mesmo sabendo que a gente não ia utilizar essa passagem. O problema é que só uma empresa vende esse trecho (a Ticabus) e por ter comprado na hora e não pela internet, tivemos que pagar US$45 por pessoa. Além disso, a passagem não é reembolsável. Ou seja, perdemos US$45 logo de cara. Achei uma puta sacanagem porque percebi que as pessoas que vendem as passagens do lado de fora da imigração faturam em cima dos turistas desavisados, como nós, já que a passagem é mais cara do que pela internet e também não dá para trocar.

Enfim, com a passagem em mãos, aí o bendito cara carimbou o nosso passaporte e depois de 6h, conseguimos chegar finalmente à Costa Rica. Um dia para esquecer!!

Nicarágua
Essa foto foi logo que a gente saíu da Nicarágua, por isso ainda estávamos sorrindo

E fica o meu conselho, antes de atravessar qualquer fronteira, pergunte sempre aos locais qual é o melhor horário e dia. E se for próximo de datas festivas, evite!!

Você tem alguma história de fronteiras para compartilhar com a gente, algum perrengue, história engraçada ou dicas? É só deixar o seu comentário aí embaixo.

4 Comments

  • Pois é, Samara, pena mesmo a gente não ter feito isso antes de cruzar a fronteira. Mas fica a dica para quem for viajar para esses países. Abraços.

  • A passagem de saída da Costa Rica e Panamá é obrigatorio .Sempre é bom fazer uma reserva online Copa e imprimir ou comprar uma passagem de onibus sem data. ( Costa Rica – San Jose a San Juan del Sur- Nicaragua custa $26 dolares).

  • Boa pergunta. Lembro que na fila atrás da gente tinha um casal que tinha deixado seu carro na fronteira e também teve que fazer a mesma fila. De qualquer maneira, não é sempre que tem essa fila enorme. A gente deu azar de ter cruzado nesse dia.

  • E se eu alugar um carro na costa Rica, e passar na fronteira com a Nicarágua de carro? Eu preciso ficar a pé ou tem fila específica para quem está de carro?

Comments are closed.