Degustação de vinho + passeio de bike em Santiago


O Chile é um dos produtores de vinhos mais famosos da América Latina. Visitar Santiago e não conhecer pelo menos uma das suas vinícolas é quase um pecado. Por isso, prepare-se para conferir esta super dobradinha; um passeio de bike + degustação de vinho com direito a Cordilheira dos Andes logo ali!

Pesquisei um pouco antes de escolher a vinícola Cousiño Macul e o que acabou me convencendo foi o fato deles organizarem um tour diferente, um passeio de bicicleta de quase 1h pelos seus vinhedos com direito a degustação no meio das plantações e um tour completo pelas instalações da vinícola.

Depois de receber algumas instruções, escolher a bicicleta e colocar a taça na cestinha, lá fui eu pedalar entre plantações de uva, apreciar e bela Cordilheira dos Andes e tomar um gostoso vinho branco em um belo dia ensolarado de outono.

Foto: divulgação

No tour fiquei sabendo que o Chile está entre os 10 maiores produtores de vinho do mundo e que também é o maior produtor da variedade Carmenère. Uma cepa que veio da França, da região de Bordeaux, e se deu muito bem no país sul-americano. Afinal de contas, por conta da sua localização e bom clima o Chile é perfeito para o cultivo de uvas e a fabricação de bons vinhos.

A Cousiño Macul ainda produz vinho de maneira meio artesanal e a sua garrafa mais famosa é o Lota, que custa cerca de 110 dólares. Esse a gente não provou, mas fiquei com vontade de experimentar. Para quem não quiser pagar tudo isso pela garrafa, é possível comprar uma taça do Lota e provar ali mesmo por uns 10 dólares.

Durante o passeio a guia contou várias curiosidades sobre a produção de vinho, o cuidado das plantações e como o Chile se tornou um dos maiores produtores de vinho do mundo. E agora não vou contar mais sobre o que aprendi por lá para não estragar a surpresa. A pedalada durou cerca de 1h e percorremos uns 4,5km, mas foi super tranquilo.

Eu adorei o passeio que fiz na parte da manhã, mesmo porque foi muito mais do que eu esperava. Como o grupo era pequeno, tivemos tempo para fazer muitas perguntas, pedalar tranquilamente, comer uvas diretamente dos vinhedos e, a melhor parte, tomar uma taça de vinho branco no meio das plantações!!

Depois do passeio de bike ainda fizemos um tour pelo interior da vinícola e pudemos ver como as uvas são separadas manualmente, os tanques onde acontece a fermentação e também visitamos uma parte antiga da fábrica, que hoje é uma espécie de museu.

E para finalizar, aquele momento tão esperado, a degustação de 3 vinhos. A única coisa que achei que faltou nessa hora foi algo mais para acompanhar as bebidas, já que serviram somente pão. De resto, realmente adorei a experiência e recomendo o tour de bicicleta para quem gosta de misturar um pouco de esporte e quer visitar uma vinícola de uma maneira diferente.


Além do tour de bike, a Cousiño Macul oferece dois tours mais curtos; o regular (45 minutos) e o premium (de 1h30).
Mais informações
O tour de bicicleta pela vinícola é feito pela Bicicleta Verde e dura cerca de 3h. O valor por pessoa é de 50 dólares e inclui o passeio de bicicleta, o tour pela Cousiño Macul e uma degustação de 4 vinhos. Crianças também são bem-vindas por lá.

Como chegar

A Cousiño Macul é uma das vinícolas mais próximas de Santiago. Por isso dá para chegar lá com transporte público. É fácil, pegue o metrô até a estação Quilín (linha azul) e dali pegue o ônibus D17 (não precisa pagar novamente, vai com o mesmo ticket mesmo).

O trajeto de ônibus até a vinícola é curto, cerca de 10 minutos. Do centro de Santiago até a porta da Cousiño Macul (metrô + ônibus) são cerca de 50 minutos.

Se não quiser pegar ônibus ao chegar no metrô Quilín, é só pegar um táxi que vai cobrar cerca de 5 dólares pela corrida.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *