Hotel na Argentina fica 21% mais barato

Foto: Esteban Mazzoncini
Quem tem viagem marcada pra Argentina já tem mais um motivo para comemorar, o hotel vai custar 21% menos! Isso graças a uma nova lei que entrou em vigor este ano (2017) que isenta o pagamento de IVA (Imposto de Valor Agregado) para o turista estrangeiro que pagar hotel com cartão de crédito ou débito.

Além de hotel, isso vale também para quem se hospedar em hostel e pousadas na Argentina, mas não é válido para hospedagem de temporada, como Air Bnb. Por isso, a partir de agora não vale mais a pena pagar o hotel na Argentina com dinheiro vivo e sim com cartão de crédito ou débito.

Explico melhor, é que usando o cartão de crédito no exterior o governo brasileiro cobra o IOF de 6,38%, mas como o desconto (isenção do imposto) do IVA na Argentina é de 21%, vale mais a pena pagar o hotel com cartão.

Outros países da América Latina, como Chile (19%), Peru (18%), Colômbia (19%) e Uruguai (20%) também oferecem essa isenção de imposto em hospedagem.

O governo argentino decidiu isso para tentar estimular o turismo internacional no país que nos últimos anos diminuiu consideravelmente.

Como funciona?


O viajante deve comprovar que está no país por turismo (por menos de 90 dias), mostrando o passaporte e o papel que recebe logo que faz imigração no aeroporto da Argentina.

Geralmente as reservas feitas pelo Booking não incluem os impostos. Por isso sempre vale conferir essa informação antes de fazer a reserva. Ou seja, se a reserva do hotel na Argentina for feita pelo Booking, o valor que aparecer será o valor final da diária.

Alguns viajantes que estiveram na Argentina contaram que receberam o desconto do IVA diretamente no cartão de crédito, como um estorno. Eles primeiro pagaram a conta do hotel e depois receberam a devolução do IVA no cartão de crédito na próxima fatura. Porém, vale sempre perguntar na hora do check-out já que alguns hotéis podem não acrescentar o IVA diretamente e fechar a conta já com essa isenção. Atenção, o desconto só é aplicado na Argentina se o turista pagar a estadia com cartão, caso decida pagar em pesos ou dólares, não terá direito a isenção do IVA.

Eu fui pro Chile faz pouco e como lá também existe o desconto do IVA para estrangeiros, pedi ao fazer o check-out do hotel e não tive problema algum. Só precisei mostrar meu passaporte e o papel que recebi ao entrar no Chile. A condição para receber esse desconto lá é que o turista tenha chegado ao país a menos de 60 dias e pague a conta do hotel em dólar ou com cartão de crédito.

Quer saber tudo sobre Buenos Aires? Confira o guia de viagem digital para ter a capital portenha aos seus pés!

Você também conseguiu a isenção do IVA em hospedagem na Argentina ou em outro país da América Latina e quer compartilhar a sua experiência com a gente aqui no blog? É só deixar um comentário aí embaixo.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *