O teleférico de Londres, Emirates Air Line

Para quem gosta de altura e quer ver Londres de um ângulo diferente, uma boa opção pode ser passear no único teleférico da cidade, o Emirates Air Line, que fica na região leste.

Com o Rio Tâmisa aos seus pés e os modernos prédios de Canary Wharf, o visual ali fica completo com a Arena O2. Eu adoro ter vistas do alto e mais ainda de uma cidade tão encantadora como Londres.

A última vez que estive na cidade foi em 2011 e esse teleférico ainda não existia, por isso eu tinha muita vontade de conhecer essa atração e lá fomos nós. O Emirates Air Line foi inaugurado em 2012, no ano em que Londres sediou os Jogos Olímpicos.

O teleférico une a península Emirates Greenwich com os Royal Docks e os trajetos podem ser feitos em um sentido ou ida e volta. Cada um dura menos de 10 minutos. A gente só fez uma parte e achei que foi suficiente.

Com a minha amiga Priscilla no teleférico

Em cada cabine entram 10 pessoas sentadas e durante o trajeto tem uma gravação em inglês que conta um pouco sobre os edifícios e a região de Canary Warf. No ponto mais alto a gente fica a 90 metros de altura do rio.

Só pra entender, o teleférico tem o nome da companhia aérea porque a Emirates pagou a metade do custo da atração.

Estas são algumas das vistas que se tem lá de cima.

E para se ter uma ideia melhor do passeio, fiz um vídeo curtinho de um trecho da viagem.

Vale a pena?
Na minha opinião, achei que não valeu tanto a pena assim. Essa atração fica do lado leste, bem longe do centro de Londres, a vista não é lá grandes coisas e achei que passa muuuito rápido. Chegar lá de transporte público e demorado. Do centro, de metrô, leva mais de uma hora.

Realmente só acho que vale a subida ao teleférico se for feita também uma visita ao Meridiano de Greenwich, que é um parque belíssimo. Se quiser saber mais sobre o Greenwich, tem um post aqui contando mais.
Para quem prefere uma vista noturna, o teleférico também funciona diariamente até as 21h no verão e até as 20h no inverno. De noite o teleférico vai um pouco mais devagar para aproveitar melhor as vistas e o trajeto dura cerca de 13 minutos.

Como chegar

Para chegar ao Emirates Air Line é preciso ir até a estação de metrô de Tower Hill (Circle e District line) e de lá pegar o metrô de superfície (DLR), o London Trams, até a estação North Greenwich. Outra alternativa é ir direto de metrô até North Greenwich (Jubilee line).

Dica
Quem tem o cartão de transporte Oyster paga mais barato e não precisa ficar na fila para comprar o ticket. É só ir direto até as cabines e passar o cartão ali mesmo, como se faz no metrô. Desde que tenha a quantia no cartão para pagar a viagem.


Atenção, tente não ir em hora pico porque o trajeto das cabines é mais rápido. Nessas horas cada viagem dura cerca de cinco minutos.

Quem quiser fazer só um trajeto, recomendo ir de DLR (metrô de superfície) até a estação Royal Victoria e descer em North Greenwich para depois visitar a Arena O2.

Essa é a Arena O2

Esse lugar é um complexo onde acontecem vários shows e grandes eventos esportivos. Além disso, tem muitos restaurantes. Nós almoçamos em um dos primeiros logo na entrada, no All Bar One, e estava gostoso. Comemos o clássico fish and chips por 12 libras. Outro restaurante que tem ali dentro e que sou apaixonada é o Nandos, bom frango picante com milho cozido e batata frita sequinha.

Quanto custa o teleférico?
Só uma parte do trajeto custa 4,50 libras. Ida e volta sai por 10,70 libras, e com a Oyster ou com o Travelcard tem um desconto de 25%.

Atenção, se comprar o ticket de ida e volta não é permitido descer da cabine. Ou seja, o trajeto é de 360° mas sem descer do outro lado.

E se dinheiro não for problema, dá pra reservar uma cabine inteira pela módica quantia de 86 libras. Hein??