Vocês são anjos!! – #RefugeesWelcome

Brasil e Portugal juntos. Essa é a Sofia, que conheci durante o voluntariado
Entre as várias atividades que estou fazendo neste voluntariado na ilha de Chios com os refugiados, uma delas é beach watch. Durante 2h damos uma olhada nos adultos e nas crianças que tomam banho de mar e também servimos água gelada.

Os refugiados estão ali tentando se divertir um pouco, matando o tempo e também acalmando o calor que faz aqui no verão. Não somos salva-vidas, mas ficamos de olho e em qualquer emergência contamos com ajuda médica que está em um trailer na frente do campo.

Ontem, enquanto eu conversava com a voluntária Sofia de Portugal, dois homens se aproximaram do nada…

– Quem é o responsável pelo campo de refugiados?
– Hummmmm, responsável? Por quê?
– É que a genter quer fazer uma doação. Pra quem podemos dar?
– Nós somos voluntárias de uma ONG, mas a coordenadora não está. Se quiser volta ao redor das 6 da tarde que ela vai estar aqui.
– Estamos com pressa. Daqui a meia hora já voltamos para a Turquia. Vamos deixar a doação aqui com vocês.
– Mas você não nos conhece.
– Nem precisamos. Vocês são anjos. São voluntárias e estão aqui doando o seu tempo. Isso é suficiente para saber que podemos confiar em vocês…

Depois desse breve diálogo, a única coisa que pedi é que eles nos dessem o dinheiro atrás dos trailers para que os poucos refugiados que estavam ali não vissem e não houvesse confusão.

Cada um tirou 50 euros do bolso e nos deram 100 euros no total. Com um sorriso, um deles apertou a minha mão e com um forte sotaque turco me disse em inglês;
I know you will make good things with this donation. You are angels!!

A Sofia tentou esconder um pouco a sua emoção e quando ela me olhou, as minhas lágrimas já estavam escorrendo pelo rosto. Sim, são coisas simples as que mais me emocionam e tenho aprendido que isso é muito bom!!

Quando os dois homens foram embora, comecei a fazer as contas de quantos carrinhos de bebê vamos poder comprar com esses 100 euros. Pedindo desconto na loja de chinês onde compramos várias coisas para os refugiados com o dinheiro que recebemos das doações, talvez a gente consiga 5!!

Esta história é parte da série #RefugeesWelcome, relatos que escrevi durante o voluntariado que fiz no campo de refugiados de Souda, na ilha de Chios. São vários relatos que você pode acompanhar aqui no blog.

Se quiser ler mais sobre a minha experiência como voluntária no campo de refugiados na Grécia, confira aqui.